Notícias

Anestesia. “Calma, calma, nāo criemos pânico”

Anestesia

“Calma, calma, nāo criemos pânico”

As taxa de mortalidade relacionadas à anestesia caíram drasticamente nos últimos 25 anos: de duas mortes por 10 mil anestésicos administrados para um óbito por 200 mil a 300 mil, de acordo com a Sociedade Americana de Anestesiologia.

E estou falando de casos relacionados a problemas cardíacos e respiratórios, o que não faz parte do perfil do paciente na cirurgia plástica. Esse paciente já recebe a contra-indicação da cirurgia no ato da consulta.

Voltar